ACM Neto diz que ‘Bahia parou no tempo por falta de comprometimento’

O pré-candidato ao governo da Bahia e presidente nacional do Democratas, ACM Neto, afirmou nesta sexta-feira (27) que o estado  parou no tempo por falta de visão e comprometimento com o futuro, em Teixeira de Freitas, no Extremo Sul do estado. Na região, Neto realiza mais uma edição do movimento “Pela Bahia” e foi também aos municípios de Caravelas, Alcobaça, Prado e Itamaraju, ao lado de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e deputados, além de lideranças políticas locais.

Ele ressaltou que os desafios que a Bahia tem nas áreas de educação, saúde, geração de emprego e segurança pública, ao comparar também com outros estados do Nordeste, que tiveram avanços nos últimos anos. “Ceará e Pernambuco se tornaram referência (em educação). Por que a Bahia parou no tempo? A resposta é simples: porque falta visão e comprometimento com o futuro”, disse.

O democrata  salientou ainda que a educação não pode ser olhada de maneira isolada, mas como um todo, da educação infantil até o ensino superior. “O trabalho do Estado em parceria com as prefeituras na educação é algo que pode fazer toda a diferença. Nós não vemos isso hoje, não existe essa articulação. Então eu quero trazer uma visão diferente”, ponderou.

“Caso eu tenha a oportunidade de ser governador da Bahia, eu não quero trazer essa visão da cooptação, do ‘ah, vamos dar aqui um asfaltozinho para poder calar a boca do prefeito’. Não. Eu quero fazer um trabalho de parceria consistente, real, no que interessa, no que pode fazer a diferença pra vida das pessoas”, complementou.

Educação:

Na educação, ele lembrou que a Bahia está nas últimas posições nos índices que avaliam a área, enquanto na segurança o estado lidera o número de mortes violentas, com 14% dos assassinatos registrados no país. Na saúde, frisou que a região do Extremo Sul ainda enfrenta problemas com a falta de leitos.

“Eu tenho certeza que a Bahia pode muito mais e a gente precisa liberar, mas não em homicídios, não em mortes violentas, não no aumento da insegurança e da criminalidade. Nós precisamos liderar em educação de qualidade e geração de empregos, na ampliação de leitos hospitalares. E esse é um problema muito sério aqui em Teixeira de Freitas que precisa ser enfrentado. Não é possível que depois de quatro governos do PT nós ainda não tenhamos uma solução para um hospital que seja adequado, não apenas para Teixeira, mas para toda região”, disse.

Bahia.ba

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

Wenceslau Guimarães – Prefeito Kaká reúne-se com o governador para tratar da BA 120 e outras demandas

O prefeito de Wenceslau Guimarães (WG), Carlos Alberto Liotério (Kaká), se reuniu na tarde desta quarta-feira (1º), com o governador

  

Bolsonaro regulamenta vale-gás a famílias de baixa renda

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta quinta-feira, 2, em solenidade no Palácio do Planalto, decretos que regulamentam dois novos programas