Associação Nacional dos produtores de Cacau, vem desempenhando papel importante em defesa do setor, saiba quem compõe a diretoria

Á Associação Nacional dos produtores de Cacau – ANPC, vem se destacando, como jamais aconteceu, em defesa dos produtores de cacau em todo Brasil.

Sobe a presidência de Vanuza Lima Barroso, a entidade que tem uma diretoria sólida e com acesso a todos setores governamentais, buscam combater a importação sem critérios, do cacau que chega de países da África, importado pelas 03 indústrias moageiras de amêndoas, que são elas; Cargil, Barry Calybaut e Olan, que estão preocupadas apenas com seus lucros.

Atualmente, as indústrias importam cacau da África com preço bem menor, tornando difícil a sobrevivência do produtor brasileiro. A amêndoa africana é a mais barata do mundo devido ser produzida, em condições análogas à escravidão e com trabalho infantil, e as moageiras usam o volume importado para achatar o preço interno.

Já foi protocolada no Congresso Nacional, o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) nº 330/2022, que visa sustar a Instrução Normativa nº 125, de 23 de março de 2021, da Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que atualiza os requisitos fitossanitários para a importação de amêndoas fermentadas e secas de cacau produzidas na Costa do Marfim.

O projeto faz parte de uma batalha, capitaneada pela presidente da ANPC, Vanuza Barroso, a qual vem defendendo desde junho de 2021, a revogação da IN 125, em relação às normas de vigilância sanitária, utilizadas para a importação do cacau, oriundo da África, em território nacional.

De autoria do deputado federal Zé Neto (PT), o PDL encoraja a dizer que a bandeira defendida pela ANPC, definitivamente não é partidária, ela é de uma causa que unifica o Brasil, o cacau brasileiro.

A luta pela revogação da IN125, vem sendo travada de forma intensa pela associação desde junho de 2021, sendo que, o trabalho desenvolvido pela ANPC já levou a demanda para dentro do Ministério da Agricultura, em audiência com o atual ministro Carlos Fávaro; promoveu debates em veículos de comunicação com foco no cacau (CACAU) ; foi pauta de discussão em reuniões com a Câmara Setorial, SDA, CEPLAC, Assembleia Legislativa da Bahia e movimentos que visam promover a conscientização da classe política e dos produtores de cacau, bem como da sociedade civil e da indústria, diante aos potenciais riscos que a flexibilidade adotada pela  instrução normativa em vigor, podem provocar na produção do cacau brasileiro, visto que o cacau importado da Costa do Marfim, não é mais tratado com a substância brometo de metila – substância que, segundo especialistas é a única que se comprovou eficácia no combate a pragas como Phytophthora megakarya e especialmente a Striga spp.

Saiba quem são os membros da diretoria da ANPC:

Vanuza Lima Barroso – Presidente;

Eunice Gutzeit – Vice-presidente pelo Pará;

Maurinho Rossoni – Vice-presidente pelo Espírito Santo;

Roberto Carlos – Diretor financeiro;

Chiquinho da Emater – Diretor de Assuntos Governamentais e Institucionais por Rondônia.

Fonte de informações: Ascom ANPC

Fotos: Web.

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

 

Salvador – Mais de 30 pré-candidatos deixam Solidariedade e filiam-se aos partidos da base de Bruno Reis

Um grupo com mais de 30 pré-candidatos a vereador deixaram o Solidariedade, que faz parte da base do governo Jerônimo

 

Salvador –  Bruno Reis lidera intenções de votos em todos os cenários

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (União), segue liderando as pesquisas de intenções de votos. Na mais recente, feita pela

 

Salvador – Duas outras boas notícias para Bruno Reis relativas à pesquisa AtlasIntel

Além da excelente notícia para Bruno Reis (União Brasil), faltando sete meses para o pleito, de que ele pode levar