Bahia –  Bolsonaristas em peso no PL e João Roma poderá disputar Senado

Uma articulação comandada pelo presidente Jair Messias Bolsonaro bateu o martelo e definiu que todos os “bolsonaristas” raízes da Bahia serão filiados ao Partido Liberal (PL) e a sigla vai priorizar na eleição proporcional o voto de legenda.

Conforme a fonte, há chances reais do ministro da Cidadania João Roma não ser candidato ao governo e disputar o Senado Federal. Se essa proposta ser concretizada, a médica Dra. Raíssa disputará a vaga de deputada federal. Nos bastidores, o capitão da reserva aposta que para deputada federal Raíssa ultrapassa os 200 mil votos e será a parlamentar mais votada da Bahia. Com isso, no pensamento de Bolsonaro, ainda poderia ajudar a sigla a eleger mais deputados, chegando ao número de cinco ou seis. Porém, fontes garantem que Raíssa deseja disputar o Senado.

Além disso, a grande preocupação de Bolsonaro atualmente é o Senado, pois é na Casa Alta do Congresso que acontecem discussões envolvendo, por exemplo, o Supremo Tribunal Federal (STF). O presidente da República quer nivelar as pautas com os ministros. Outro fator que levou a articulação é que muitos “netistas” não consideram João Leão como o nome ideal para o Senado. Além disso, Roma seria um nome mais leve do que Raíssa para enfrentar Otto e o próprio Leão.

Serão filiados ao PL João Roma, Dra. Raíssa, Roberta Roma, Jonga Bacelar, Capitão Alden, Alexandre Aleluia, Talita Oliveira, Rebeca Bolsonaro Martins, Diogo Castro, Leandro de Jesus, André Porciuncula e Tenente Maciel, entre outros.

Fonte: Informe Baiano

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

Tamanho G – Justiça Eleitoral condena partido do governador da Bahia a pagar multa de R$ 10 mil por propaganda antecipada e fake News

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) condenou o PT a pagar multa de R$ 10 mil por propaganda antecipada e divulgar

 

PSB de Alckmin evita PT nos estados e vai apoiar até aliados de Bolsonaro

Maior partido aliado de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na campanha presidencial e legenda do candidato a vice-presidente Geraldo

  

Sandro Regis oficializa candidatura e recebe comitiva de Gandu durante a convenção

Durante a convenção do União Brasil, que oficializou a chapa majoritária encabeçada por ACM Neto, o deputado estadual Sandro Regis,