Bahia – Devido ao desconhecimento de Jerônimo, governistas questionam efetividade de PGPs

Deputados governistas têm questionado a efetividade do formato atual da campanha ao governo de Jerônimo Rodrigues (PT), baseada em encontros em torno da discussão do PGP (Programa de Governo Participativo).

Dizem que a iniciativa é temerária para um candidato com um nível de desconhecimento elevado e que é um erro inspirar-se no sucesso que representou para as duas campanhas do governador Rui Costa (PT).

Nos dois momentos, afirmam, eram uma alternativa às restrições impostas pela legislação eleitoral, que não existem mais. “Hoje, a pré-campanha está autorizada”, argumenta um deputado federal petista.

Ele aponta como outra desvantagem do atual formato o fato de os encontros falarem ‘para dentro’, ou seja, serem dirigidos praticamente para a militância ou convertidos, que já votam no candidato.

Também alega que, como reúnem muita gente, os eventos acabam acontecendo fora das áreas urbanas das cidades, onde se encontram espaços para realizá-los, o que faz com que Jerônimo visite passe pelo município sem ser visto nele.

“Seria diferente, por exemplo, se fizéssemos carreatas, que mobilizam a cidade inteira, permitem que a gente diga que é o candidato de Lula que está passando”, afirma um outro parlamentar.

O mesmo deputado diz que é um modelo que vem sendo empregado, inclusive, pelos demais pré-candidatos ao governo, com, em sua avaliação, bastante sucesso. “Temos pouco tempo, Jerônimo não é conhecido”, reclama.

Política Livre

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

Brasil – Sem clima para aprovação, governo retira projeto do DPVAT de votação

O líder do governo no Senado, Jaques Wagner (PT-BA), retirou da pauta da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do

  

Cabeça do Congresso – Senador baiano é eleito relator-geral do Orçamento

O senador baiano Angelo Coronel (PSD) foi eleito na tarde desta quarta-feira (24/04) relator-geral do Orçamento de 2025. A Comissão

  

Brasil – Projeto que libera estados legislarem sobre armas avança na Câmara

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados aprovou na tarde desta quarta-feira (24) um projeto de