Bahia – Estado está no Z-4 quando o assunto é educação

A Bahia ocupa uma das últimas posições do Brasil na área da educação. De acordo com o Índice de Oportunidades da Educação Brasileira (Ioeb), o estado aparece na 23ª colocação no país, com nota 4,4, empatado com Roraima e à frente apenas de Pará (4,2), Maranhão (4,1) e Amapá (4,1). Entre os estados do Nordeste, a Bahia tem a segunda pior nota.

Para o deputado estadual e líder da Oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), Sandro Regis (DEM), o resultado reflete o abandono da educação feito pelos governos do PT no estado. “Educação nunca foi prioridade para o PT. Ano após ano colocaram nosso estado nas últimas posições. É mais um dado vergonhoso. Só podemos lamentar por nossos jovens e crianças, abandonados pelo governo”, criticou.

O IOEB indica as oportunidades educacionais oferecidas para o desenvolvimento de crianças e jovens. O índice inclui tanto informações referentes à qualidade da oferta para alunos que frequentam as redes públicas e privadas como também informações referentes àquelas crianças e jovens que não frequentam a escola.

Segundo Régis, a Bahia já ocupa as últimas posições no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), que coloca o estado entre as piores taxas do ensino médio do país. Para ele, os péssimos números do estado são reflexo de uma soma de fatores.

“Falta investimentos em infraestrutura e em valorização dos professores. Vemos, principalmente no interior, escolas com péssimas condições, e a situação piorou com a pandemia. Muitas escolas não apresentam condições mínimas para receberem alunos no retorno das aulas. Falta também um trabalho em parceria com os municípios, de forma a pensar no desenvolvimento integral dos alunos, da educação infantil ao ensino médio e superior. O governo do PT falhou em todas as etapas”, completou.

Fonte: Bnews

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

Bahia – Governador diz que fará reunião virtual com prefeitos para tratar sobre o Carnaval

Questionado mais uma vez sobre a realização ou não do Carnaval 2022, o governador Rui Costa (PT) disse, nesta sexta-feira

 

Sandro Régis rebate Rosemberg: “Retrocesso é a Bahia ser líder em homicídio e última em educação”

O deputado estadual Sandro Régis (Democratas), líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), rebateu nesta sexta-feira (3) as