Bahia – Geddel confessa que MDB manda na secretaria que cuida dos presidiários; Jerônimo escorrega

Articulador da campanha ao Governo da Bahia de Jerônimo Rodrigues (PT), Geddel Vieira Lima (MDB) confessou em entrevista ao PodZé, na última segunda-feira (17/10), que seu partido MDB comanda duas secretarias no Governo Rui Costa (PT). Uma delas é a Secretária de Administração Penitenciária e Ressocialização (SEAP), onde o ex-ministro chegou cumprir pena por lavagem de dinheiro no escândalo das malas de R$51 milhões. A outra Pasta é a Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs), liderada pelo ex-prefeito de Macajuba, Murilo Dias Sampaio, que é amigo de Geddel. Há também outros cargos estratégicos.

“O MDB hoje ocupa duas secretarias, a de Infraestrutura Hídrica e a Seap. Ora, evidentemente, Bocão, vamos também rasgar esse manto da hipocrisia. Um partido político que disputa a eleição, ele está querendo exercer o poder, pô?! Por óbvio, por lógica”, disse.

“É evidente que o partido em sendo vitorioso quer participar do governo de Jerônimo. Que espaço? Isso não se discute antecipadamente”, sentenciou Geddel ao acrescentar: “está implícito nas relações sérias”.

A expectativa é que Geddel, através do seu partido MDB, mantenha o número de duas secretarias em um eventual Governo de Jerônimo e ainda tenha participação no Detran (Departamento Estadual de Trânsito).

Questionado nesta quinta-feira (20/10), em entrevista ao Grupo Lomes de Comunicação, Jerônimo Rodrigues (PT) não foi claro sobre o tipo de negociação com Geddel em troca de apoio político.

“Não estou na fase de nomear, estou na fase de ganhar as eleições. Estamos todos discutindo e debatendo programas de governo. Em momento nenhuns esses apoios que estamos recebendo tem a ver com cargos e nem com obras. O MDB indicou nosso vice, Geraldo Jr, que está nos ajudando muito”, esquivou-se.

Informe Baiano

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

 

Salvador – Mais de 30 pré-candidatos deixam Solidariedade e filiam-se aos partidos da base de Bruno Reis

Um grupo com mais de 30 pré-candidatos a vereador deixaram o Solidariedade, que faz parte da base do governo Jerônimo

 

Salvador –  Bruno Reis lidera intenções de votos em todos os cenários

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (União), segue liderando as pesquisas de intenções de votos. Na mais recente, feita pela

 

Salvador – Duas outras boas notícias para Bruno Reis relativas à pesquisa AtlasIntel

Além da excelente notícia para Bruno Reis (União Brasil), faltando sete meses para o pleito, de que ele pode levar