Bahia – Leur Lomanto Jr. diz que ataques de Vilas-Boas mostram incômodo com sucesso de Zé Cocá como prefeito de Jequié e à frente da UPB

O deputado federal Leur Lomanto Jr. (União Brasil) condenou a atitude do ex-secretário de Saúde do estado, Fábio Vilas-Boas, de espalhar críticas contra o prefeito de Jequié e presidente da UPB, Zé Cocá (PP) por causa da formalização do apoio do partido à pré-candidatura de ACM Neto (União Brasil) ao Governo da Bahia.

Para Leur Jr., infelizmente o sucesso de Zé Cocá incomoda o ex-secretário, que saiu do atual Governo, “enfraquecido e desmoralizado” pelo comportamento que teve à frente da pasta, tornando-se conhecido em todo o país pelo desrespeito cometido contra as mulheres. Vale lembrar que Vilas Boas pediu exoneração da pasta estadual, após divulgação de mensagens dele, com xingamentos e ameaças feitas a uma empresária baiana.

“Sem cargo no alto escalão e sem peso na conjuntura política do estado, o ex-secretário está agora tentando se promover junto ao governador e ao seu grupo, dessa forma, usando da tentativa de difamar a imagem de um homem sério, trabalhador que é o prefeito Zé Cocá, que vem fazendo uma excelente gestão, com 90% de aprovação em Jequié. Essa atitude do ex-secretário transparece a inveja despertada contra o prefeito Zé Cocá pela sua coragem e capacidade de trabalho”, criticou Leur Jr.

O deputado lamentou a praxe de alguns integrantes do PT de dispararem contra os ex-aliados. “Quando o PP integrava a base do Governo, eles eram só elogios. Agora que o Partido saiu porque enxergou um novo projeto, melhor para a Bahia eles partem para os ataques pessoais”, afirmou.

Vilas-Boas compartilhou críticas ao prefeito em um grupo de whatsapp. O assunto foi divulgado em alguns veículos de imprensa do estado.

Informe Baiano

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

Tamanho G – Justiça Eleitoral condena partido do governador da Bahia a pagar multa de R$ 10 mil por propaganda antecipada e fake News

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) condenou o PT a pagar multa de R$ 10 mil por propaganda antecipada e divulgar

 

PSB de Alckmin evita PT nos estados e vai apoiar até aliados de Bolsonaro

Maior partido aliado de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na campanha presidencial e legenda do candidato a vice-presidente Geraldo

  

Sandro Regis oficializa candidatura e recebe comitiva de Gandu durante a convenção

Durante a convenção do União Brasil, que oficializou a chapa majoritária encabeçada por ACM Neto, o deputado estadual Sandro Regis,