Bahia – Marcelo Nilo admite encontro com ACM Neto e fala do PT no passado: “foi uma relação muito boa”

O deputado federal Marcelo Nilo conversou com o Informe Baiano por telefone, nesta quarta-feira (02/02), e comentou o burburinho que aponta sua saída da base do PT.

Segundo o parlamentar, ele “apenas” esteve reunido com ACM Neto e “não sabia que iria ter essa repercussão toda”.

“Eu tive com Neto tem uns 20 dias. A pauta foi política nacional e estadual. O que político conversa? Política. Foi isso apenas”, esquivou-se.

Sobre o eventual convite para apoiar e compor a chapa liderada pelo pré-candidato ao Governo do UB/DEM, ele negou.

“Não houve convite. Eu vou repetir o que eu sempre estou dizendo: Se ACM Neto me convidar para ser senador eu vou pensar, ouvir meu grupo, ouvir o deputado Marcelo Veiga e tomar a melhor decisão. Dessa vez eu vou consultar o grupo”, acrescentou.

Durante a conversa, o deputado lembrou que atuou ao lado do PT por 32 anos e se citou o ‘aliado’ no passado: “foi uma relação muito boa”.

“Eu me senti realmente abandonado depois que sai da presidência da Assembléia. Observe: Coronel saiu da presidência e virou senador, Nelson Leal saiu e virou secretário. E eu? Nunca me convidaram para nada”, afirmou.

Questionado sobre a disputa para o governo baiano, Nilo disse que será uma “eleição duríssima, cabeça com cabeça, pode ter certeza disso. Vai ser a experiência contra a juventude.

Informe Baiano

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

35 anos de Presidente Tancredo Neves – Mensagem do vereador Tuica

Neste dia 24 de Fevereiro de 2024, a nossa cidade completa 35 anos, e hoje, nada mais justo que parabenizar

 

Bahia – Jerônimo embarca para missão internacional na Espanha e Geraldo Jr. assume governo

O governador Jerônimo Rodrigues (PT) embarca, neste sábado (24), em mais uma missão internacional, desta vez, na Espanha. Em Madrid,

 

Choque, cavalaria e drone: veja como será esquema de segurança de ato de Bolsonaro na Paulista

A manifestação convocada pelo ex-presidente Jair Bolsonaro para este domingo, 25, na Avenida Paulista, em São Paulo, terá policiamento reforçado,