Bahia – PCdoB diz que não apoia suplente de Otto

O PCdoB ficou insatisfeito com a escolha de Terence Lessa (PT) como suplente do senador Otto Alencar, que concorre à reeleição em outubro. O anúncio do nome do ex-prefeito de Ibotirama como ocupante da vaga foi feito no município de Jacobina, na manhã deste domingo (10).

Em nota, o PCdoB diz que a indicação de Lessa não foi unânime e o partido, se quer, foi consultado. “Apenas fomos comunicados de uma decisão que deveria ter passado por um debate na Federação (PT-PCdoB-PV) e pelo conjunto dos partidos da base aliada do governo do Estado”, diz o texto.

Ainda segundo a nota do PCdoB, a sigla é contra a indicação de mais um nome de um partido que já compõe a chapa majoritária.

“Portanto, registramos a nossa insatisfação com o processo de decisão, o que não ajuda na boa relação das forças políticas que compõem a coligação e na condução da campanha”, finaliza o texto.

Leia abaixo a nota na íntegra:

Nota de esclarecimento

Quanto a indicação da vaga de suplente do senador Otto Alencar, que concorre à reeleição, o PCdoB – Bahia esclarece:

1 – A informação divulgada de que a indicação do nome do suplente teria sido de forma unânime não corresponde com os fatos. O PCdoB, que pleiteia a indicação, não foi consultado, apenas fomos comunicados de uma decisão que deveria ter passado por um debate na Federação (PT-PCdoB-PV) e pelo conjunto dos partidos da base aliada do governo do estado.

2 – O PCdoB – Bahia é contra a indicação de mais um nome de um partido que já compõe a chapa majoritária. A chapa deve refletir o conjunto da participação das forças políticas que compõem a aliança.

3 – Portanto, registramos a nossa insatisfação com o processo de decisão, o que não ajuda na boa relação das forças políticas que compõem a coligação e na condução da campanha.

Salvador, 10 de Julho de 2022

Comissão Executiva Estadual do PCdoB

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

Tamanho G – Justiça Eleitoral condena partido do governador da Bahia a pagar multa de R$ 10 mil por propaganda antecipada e fake News

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) condenou o PT a pagar multa de R$ 10 mil por propaganda antecipada e divulgar

 

PSB de Alckmin evita PT nos estados e vai apoiar até aliados de Bolsonaro

Maior partido aliado de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na campanha presidencial e legenda do candidato a vice-presidente Geraldo

  

Sandro Regis oficializa candidatura e recebe comitiva de Gandu durante a convenção

Durante a convenção do União Brasil, que oficializou a chapa majoritária encabeçada por ACM Neto, o deputado estadual Sandro Regis,