Bahia – Zé Ronaldo afirma que não conversou com ninguém do governo sobre vice de Jerônimo

O ex-prefeito de Feira de Santana, Zé Ronaldo (União Brasil), em conversa com o site Política Livre no início da tarde desta segunda-feira (21), negou qualquer tipo de conversa com a base governista para que componha como candidato a vice-governador a chapa que será encabeçada pelo pré-candidato do PT ao governo estadual, Jerônimo Rodrigues.

“Quem conhece meu perfil sabe que isso não corresponde à verdade”, afirmou Zé Ronaldo. Ele prosseguiu: “Eu não conversei com ninguém do governo a respeito desse assunto de que eu poderia tomar essa atitude [de aceitar ser vice do petista se não tiver espaço na chapa oposicionista que será encabeçada por ACM Neto]”.

Zé Ronaldo, que foi candidato ao governo em 2018, atribuiu as especulações que circundam seu nome ao “momento rico de especulação política, quando acontecem esses tipos de informações”. Mas somente nesta segunda-feira (21), o ex-prefeito negou as conversas.

Em uma entrevista à Mídia Ninja FSA na terça-feira (15), como noticiou o Política Livre, Ronaldo, questionado sobre a questão, havia lançado um enigmático “onde há fumaça, há fogo” e salientou que só concorria nas eleições deste ano se fosse aos postos de senador ou de vice-governador.

Quando foi realizada a coletiva que anunciou a união entre PP e União Brasil na Bahia – quando foram confirmadas as pré-candidaturas de ACM Neto ao governo e do vice-governador João Leão ao Senado – Zé Ronaldo, esquivou-se de responder objetivamente sobre as especulações e justificou que precisaria manter confidencialidade. “Se alguém por ventura me liga é porque tem confiança na minha pessoa, então eu não quero aqui falar de algo que alguém por ventura me falou. Se falou, eu vou repetir, foi em confiança”, disse Zé Ronaldo, na ocasião.

Davi Lemos/Política Livre

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

TSE decide que coligações podem ter mais de uma candidatura ao Senado

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu nesta terça-feira (21), por unanimidade, que partidos que compõem uma coligação podem lançar mais

 

Em Santaluz, ACM Neto é recebido por multidão e prefeito do Avante reafirma apoio: ‘O seu compromisso é verdadeiro’

Pré-candidato a governador, ACM Neto (União Brasil) foi recebido por uma multidão em Santaluz, na região do Sisal, na noite

 

Vinda de Lula à Bahia depende ainda de negociação com Fernando Haddad em São Paulo

Defendida pelo senador Jaques Wagner (PT) e o comitê extra-oficial de campanha do petista, a vinda do ex-presidente Lula para