Cairú – Secretário de turismo, Júlio Oliveira, morre de Covid-19

Morreu na tarde deste domingo (13) em decorrência da Covid-19, Júlio Oliveira, secretário de turismo de Cairu, cidade que fica localizada baixo sul do estado.

Segundo a prefeitura de Cairu, Júlio Oliveira era profissional de primeira linha, estava internado em Itabuna com Covid-19. Ele deixa esposa e três filhos.

Natural de Valença, Júlio Oliveira formou-se em Turismo pela Faculdade Zacarias de Góes (FAZAG). Começou a carreira em 1996, como diretor de Agricultura e Meio Ambiente da Prefeitura Municipal de Valença. Até 2008 passou por algumas funções, foi diretor de Turismo e Secretário Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Cultura de Valença.

Ainda segundo informações da prefeitura do da cidade, Júlio Oliveira também foi consultor da Associação dos Municípios do Baixo Sul da Bahia, onde coordenou a Câmara Técnica de Turismo de 2015 a 2010, nesse período também assumiu pela primeira vez a Secretaria de Turismo de Cairu (de 2009 a 2012).

Na esfera estadual exerceu o cargo de diretor de Serviços Turísticos da Secretaria Estadual de Turismo do Governo da Bahia, e atuou também como secretário executivo do Fórum Estadual de Turismo. Em 2014 foi convidado para assumir a função de secretário municipal de Turismo de Itacaré.

Além de secretário de turismo de Cairu, atualmente Júlio Oliveira também ocupava a cadeira de diretor financeiro da Associação Nacional dos Secretários e Dirigentes Municipais de Turismo (ANSEDITUR).

Bahia.ba

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

Bolsonaro, Lula e Ciro no mesmo dia em Salvador ligam alerta para segurança

Com a presença dos presidenciáveis Jair Bolsonaro (PL), Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Ciro Gomes (PDT), as comemorações

  

Vanderlei Luxemburgo anuncia pré-candidatura ao Senado por Tocantins

Vanderlei Luxemburgo vai dar um novo rumo à sua trajetória. Nesta quarta-feira, o técnico Vanderlei Luxemburgo anunciou que é pré-candidato

  

Guimarães é exonerado, a pedido, e Daniella Marques é nomeada presidente da Caixa

O pedido de exoneração de Pedro Guimarães da presidência da Caixa Econômica Federal, já anunciado em carta de demissão por