Caso queira confirmar candidatura ao governo da Bahia, ministro João Roma deve trocar o REPUBLICANOS pelo PL

A intenção do ministro da Cidadania, João Roma, de disputar o governo da Bahia está prestes a ir por água abaixo, caso ele pretenda se lançar pelo Republicanos. Acontece que o partido deve descartar as candidaturas a governador nas próximas eleições e se concentrar em eleger o maior número de deputados e senadores para turbinar o fundo eleitoral.

Uma saída para o ministro é se filiar a outra legenda, como o PL, provável destino do presidente Jair Bolsonaro. Inclusive, a possibilidade de Roma procurar novo abrigo já vem sendo ventilada nos bastidores há algumas semanas.

Por outro lado, a eventual filiação de Roma ao PL traz outra implicação importante na Bahia: a impossibilidade de a sigla apoiar a candidatura do ex-prefeito ACM Neto (União Brasil) ao Palácio de Ondina, o que até então era dado como certo.

A ida do chefe do Planalto para o partido de Valdemar da Costa Neto estava marcada para o último dia 22, mas foi adiada após desentendimentos entre ambos. Bolsonaro queria o controle do diretório de São Paulo, e também fez uma série de outras exigências, como o veto a alianças com partidos de esquerda.

Política Livre

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

 

Bahia – Neto rebate provocação de Wagner sobre terceiro lugar: ‘Não é ele quem decide’

O ex-prefeito de Salvador e pré-candidato do DEM ao governo da Bahia, ACM Neto, respondeu, pelo Instagram, uma provocação do

 

Bahia – Rui deve se reunir com Bacelar essa semana para definir permanência do deputado na base

O governador Rui Costa (PT) deve conversar ainda nesta semana com o presidente do Podemos na Bahia, o deputado federal

 

Bahia – Isidório abre portas do Avante para Bacelar e diz que partido permanecerá na base de Rui

O presidente do Avante na Bahia, o deputado federal Pastor Sargento Isidório, abriu as portas do partido para uma possível