Comerciantes ganduenses vítimas da enchente receberão crédito emergencial.

Os comerciantes ganduenses vítimas da enchente do final do ano passado e que tiveram prejuízos financeiros, por conta de alagamentos poderão ser contemplados com o crédito emergencial do governo do estado. Para isso, a prefeitura inicia nesta segunda (10) o cadastramento desse segmento.

Serão cadastrados comerciantes pessoa física e jurídica para obter o benefício disponibilizado pelo Desenbahia. O estado vai oferecer créditos sem juros e com carência. O comerciante interessado, deverá comparecer ao Departamento da Receita Municipal, shopping Gan, centro, a partir das 8h da manhã.

Para realizar o cadastro, os interessados precisam estar portanto os seguintes documentos.

CONFIRA O CHECK LIST:

DOCUMENTAÇÃO BÁSICA

  1. Boletim de Ocorrência emitido pela Prefeitura/ Defesa Civil Corpo de Bombeiros (Vide modelo)
  2. Formulário Declaração de Propósito Completo preenchido e assinado (Vide Modelo)
  3. RG/ CNH do solicitante e dos sócios/ avalistas da empresa (para Pessoa Jurídica)
  4. RG/CNH do cônjuge / convivente ou dos sócios (para a Pessoa Jurídica), se for o caso
  5. Certidão de Casamento, ou Divórcio Averbada ou Certidão de Óbito conforme estado civil
  6. Comprovante de Residência do solicitante ou dos sócios/ avalistas (para a Pessoa Juridica)

DOCUMENTOS ADICIONAIS APENAS PARA AS PESSOAS JURIDICAS (EXCETO MEI)

  1. Comprovante de Faturamento FISCAL (Extrato Simples ou SPED Fiscal/ECD) mais recente.

Desenbahia

CERTIDÕES NECESSÁRIAS

Para obter financiamento, o solicitante e os avalistas não podem ter restrições cadastrais e precisam estar com as certidões válidas desde o ato da solicitação até a data de liberação dos recursos. A Desenbahia consultará as seguintes certidões:

CONFORME LEGISLAÇÃO APLICAVEL:

– CERTIDÃO DE DÉBITOS RELATIVOS A CRÉDITOS TRIBUTÁRIOS FEDERAIS E DÍVIDA ATIVA DA UNIÃO;

– CERTIFICADO DE REGULARIDADE COM O FGTS;

– CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITOS TRIBUTÁRIOS, EXPEDIDA PELA SEFAZ ESTADUAL;

– Recibo de Entrega da RAIS (Empresas optantes do SIMPLES)

Caso alguma (s) certidão(es) citada(s) acima não esteja(m) disponível(eis) para emissão pela Internet, apresentar a CERTIDÃO POSITIVA COM EFEITO DE NEGATIVA OU CERTIDÃO ESPECIAL respectiva.

Declaração de Propósito (Detalhamento)

Essa declaração será preenchida no momento do atendimento.

  1. Solicitante de Crédito: Incluir efetivamente quem vai receber o crédito, se PF ou PJ; Para a PJ observar a existência de Certidões Legais;

2.Para a PJ: Informar os dados dos sócios. Se possuir mais de 02 preencher em novo documento os dados e fazer referência ao primeiro;

  1. Renda mensal e Patrimônio dos sócios: Perguntar qual valor estimado destes. Estes dados servem para substituir as informações do IRPF;
  2. Incluir o valor solicitado adequado: Observar a limitação de renda do solicitante ao entrevista-lo para não inserir valores que o mesmo não consiga pagar. Questionar sobre o valor mínimo para restabelecer as atividades. Obs. Não necessariamente é o valor do prejuízo;
  3. Conta Bancária: Observar os dados que devem ser do SOLICITANTE, quer PF quer PJ e certificar o tipo de conta: Corrente ou Poupança;
  4. Pessoas Exposta Politicamente: Esclarecer a informação.

Importante:

  1. RG Solicitante: Verificar se cópia do documento é legível;
  2. Certidão de Casamento; Para as pessoas casadas exigir cópia do documento ou se divorciadas solicitar averbação do divórcio no documento;
  3. Documento do cônjuge: Exigir documento legível para os casados
  4. Para solicitantes PF que não possuam esposo(a): solicitar avalista que deve assinar a Declaração de Propósito e apresentar os mesmos documentos do solicitante;
  5. Comprovante de Residência: Solicitar para solicitante no caso de PF e para sócios no caso de PJ;
  6. Para Empresas (EXCETO MEI): Comprovante de Faturamento. Pode ser qualquer documento FISCAL mais recente; Extrato Simples/ SPED ECD.

ASCOM / PREFEITURA DE GANDU

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

Projeto do senador Ângelo Coronel determina benefício da audiência de custódia apenas para não reincidente

O senador Angelo Coronel (PSD-BA) apresentou Projeto de Lei para mudar o Código de Processo Penal e tornar obrigatória a

 

Bahia – Prefeito de Santaluz abandona base do governo e firma apoio a ACM Neto: “não cumpriram”

O prefeito de Santaluz, Arismário Barbosa Júnior (Avante), que havia declarado publicamente apoio ao ex-secretário de Educação da Bahia e

 

Bahia – Deputado Sandro Régis desmonta factoide de Rui Costa e Bahia é campeã nacional do desemprego

O deputado Sandro Régis (UB) demoliu o factoide do governo de Rui Costa, de que “nunca na história se investiu