“Deputado Rosemberg deveria honrar os 1.108 votos aqui recebidos, ao invés de se preocupar com Música de campanha de adversário”. Diz vereador de Gandu

Nesta sexta-feira (03), o vereador Adeilton Leal – Bozó (Podemos), afirmou a populares, que o deputado e líder do governo do estado na ALBA, Rosemberg Pinto (PT), deveria era honrar os votos que teve em seu município, onde jamais levou nenhum tipo de benefícios para a população, ao invés de se preocupar com jingles da corrente política adversária.

Segundo o vereador, o Petista foi um dos responsáveis por Gandu ter perdido parte do seu território para Pirai do Norte, na época em que o município era governado pelos partidos PT/ PCdoB. Ainda segundo o edil, mesmo recebendo exatos 1.108 (mil cento e oito) votos nas últimas eleições, nunca demonstrou interesse em contribuir com o município, como fazem os deputados Fabióla Mansur (PSB) e Sandro Regis (DEM/UB), que mesmo tendo obtido uma votação menor do que a dele (Rosemberg), estão sempre levando serviços e investimentos para a população.

“Ficamos sem entender como um parlamentar estadual, se leva ao nível de classificar como retrocesso uma simples música política de um adversário, ao invés de se comprometer com os votos recebidos. Gostaríamos de ouvir do nobre deputado, o que ele acha de ver nosso estado no Z-4 quando o assunto é, Educação e Segurança Pública”.  Provocou Bozó.

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

35 anos de Presidente Tancredo Neves – Mensagem do vereador Tuica

Neste dia 24 de Fevereiro de 2024, a nossa cidade completa 35 anos, e hoje, nada mais justo que parabenizar

 

Bahia – Jerônimo embarca para missão internacional na Espanha e Geraldo Jr. assume governo

O governador Jerônimo Rodrigues (PT) embarca, neste sábado (24), em mais uma missão internacional, desta vez, na Espanha. Em Madrid,

 

Choque, cavalaria e drone: veja como será esquema de segurança de ato de Bolsonaro na Paulista

A manifestação convocada pelo ex-presidente Jair Bolsonaro para este domingo, 25, na Avenida Paulista, em São Paulo, terá policiamento reforçado,