Embasa apresenta a empresários modelo de locação de ativos para projetos de saneamento em Gandu e Mata de São João

A Embasa realizou nesta quinta-feira (1º) um road show virtual para apresentar dois projetos e respectivas condições de contrato, no modelo de negócio Locação de Ativos, que serão executados nos municípios de Gandu e Mata de São João a empresários e profissionais do setor de saneamento básico. O evento integra as ações de divulgação da consulta pública aberta pela empresa visando obter contribuições de especialistas e do mercado que levem ao aperfeiçoamento dos respectivos editais de licitação e contratos envolvendo os empreendimentos. A consulta pública está aberta até a próxima quinta-feira (8) e pode ser acessada no site da Embasa (www.embasa.ba.gov.br).

“O marco regulatório trouxe o saneamento para um local de destaque nos projetos de infraestrutura no país e a Embasa estruturou seu planejamento para fazer frente a esse cenário. Criou um projeto estratégico específico para buscar novos mecanismos de investimentos de forma sustentável com auxílio da iniciativa privada. Essa união de forças é o desenho ideal para que possamos dar passos mais rápidos para atender à população e cumprir as metas de universalização”, disse o presidente da Embasa, Rogério Cedraz, durante o evento.

De acordo com a Embasa, no modelo de Locação de Ativos, o parceiro privado, com recursos próprios ou de terceiros, financia e constrói determinado ativo, como uma estação de tratamento de água. Posteriormente, o ativo é locado à concessionária por prazo certo, que o utilizará para prestar um serviço público. A contratação de uma locação de ativos se dá por meio de procedimento licitatório cujo objeto do certame precisa ser, necessariamente, a realização de obras de engenharia e o critério de julgamento o menor valor mensal de locação (VML) pelo bem a ser construído. Após finalizado o prazo do contrato de locação, todo o empreendimento construído passa a integrar o portifólio de ativos da Embasa.

Ainda segundo a Embasa, em Mata de São João, o contrato de Locação de Ativos prevê a implantação da 1ª etapa do Sistema Integrado de Abastecimento de Água (SIAA) da localidade de Praia do Forte, compreendendo captação de água bruta, adutoras, tratamento e macrodistribuição de água tratada. O projeto tem um valor total de R$ 128 milhões, sendo que o parceiro privado será responsável pela execução de R$ 95 milhões e a Embasa fará um aporte de R$ 33 milhões relativos à aquisição de materiais para a construção de uma adutora de água. O prazo de execução da obra é de dois anos e o de amortização para pagamento da locação do ativo é de 12 anos. A disponibilidade hídrica do sistema passará dos atuais 180 litros por segundo (l/s) para 500 l/s, possibilitando atender a demanda do município em um horizonte de 30 anos. Cerca de 47 mil pessoas serão beneficiadas.

“Essa é uma das regiões de maior desenvolvimento turístico do Estado, com muitos empreendimentos e uma demanda crescente significativa. A obra vai garantir sustentabilidade para que esse desenvolvimento continue acontecendo sem nenhum impedimento relacionado à infraestrutura de água. ”, explicou Rogério.

Em Gandu, o contrato de Locação de Ativos prevê a implantação do sistema de esgotamento sanitário do município, no valor de R$ 64,5 milhões, com financiamento e execução dos empreendimentos a cargo do parceiro privado. O projeto prevê cerca de 57 quilômetros de tubulações de diversos diâmetros, em nove bacias sanitárias, nove estações elevatórias, uma estação de tratamento de esgoto e um emissário. O prazo da obra é de dois anos e o de amortização é de 27 anos, informa a Embasa.

Novos projetos – Dentro do objetivo de ampliar o índice de atendimento dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário dos municípios contratualizados, a Embasa prevê a utilização desse novo modelo de contratação em mais projetos até o final deste ano. Entre eles, a implantação do Sistema Integrado de Esgotamento Sanitário de Aurelino Leal e Ubaitaba, no valor de R$ 66,8 milhões. Em breve, a Embasa lançará uma consulta pública para esse novo projeto.

Política Livre

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

TSE atualiza sistema Filia após falsa filiação de Lula ao PL de Bolsonaro

O Sistema de Filiação Partidária (Filia), do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), voltou ao ar na sexta-feira, 16, com nova camada

 

Manifestação no dia 25 será o primeiro ato convocado por Bolsonaro depois do 8 de Janeiro

O ato em apoio a Jair Bolsonaro (PL) no próximo dia 25 na Avenida Paulista, em São Paulo, será a

 

Salvador – Otto Alencar reafirma que PSD não indicará vice para compor chapa de Geraldo Jr.

O presidente do PSD na Bahia, senador Otto Alencar, reafirmou nesta terça-feira (30) que seu partido não indicará nenhum nome