Futebol – Abel ‘desiste’ da chegada de camisa 9 no Palmeiras

O Palmeiras sentiu falta de um centroavante na decisão do Mundial de Clubes. E dificilmente terá essa peça tão cedo. O técnico Abel Ferreira nunca escondeu sua vontade da chegada de um novo camisa 9. Com a direção encontrando dificuldade no mercado, o treinador português não quer desprezar quem está no elenco e prefere evitar comentar o assunto.

“Nossa intenção é buscar os melhores resultados possíveis com os recursos que temos. Tenho que usar o que tenho disponível e tirar o máximo”, enfatizou. “Não vou falar de jogadores que não tenho. É um orgulho ser treinador desse grupo”, se esquivou. Breno Lopes, autor de um gol na vitória sobre a Ferroviária, e Deyverson, são as opções.

No Mundial, a dupla foi preterida e Rony atuou improvisado no setor, o que deve ser a tônica nos próximos jogos do Palmeiras no Estadual, nas finais da Recopa Sul-Americana contra o Athletico-PR e depois na largada da Libertadores.

“Estamos focados no que temos que fazer. Essa família e este grupo se alimentam de vitórias”, afirmou o treinador, surpreendentemente não se vendo como um intocável no cargo apenas de ter conquistado a torcida.

“A experiência me diz que, se não ganhar dois ou três jogos, querem mandar embora. Brasil é assim. Portanto, focar em um jogo de cada vez. Tenho contrato e tenho orgulho de pertencer a este grupo. Tenho que concentrar no meu trabalho.”

O Palmeiras novamente terá série desgastante de jogos pela frente e mais uma vez Abel Ferreira demonstrou seu descontentamento com o calendário brasileiro. “Não vou falar mais (calendário), é o Brasil e tenho que aceitar. Se quiserem mudar para competirmos em alto nível, temos reformas a fazer. CBF, clubes e televisão. Não conseguimos recuperar o jet lag (fuso horário) e estamos a jogar. É duro, mas é o que nos torna mais fortes.”

Caderno de Esportes

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

Tamanho G – Justiça Eleitoral condena partido do governador da Bahia a pagar multa de R$ 10 mil por propaganda antecipada e fake News

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) condenou o PT a pagar multa de R$ 10 mil por propaganda antecipada e divulgar

 

PSB de Alckmin evita PT nos estados e vai apoiar até aliados de Bolsonaro

Maior partido aliado de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na campanha presidencial e legenda do candidato a vice-presidente Geraldo

  

Sandro Regis oficializa candidatura e recebe comitiva de Gandu durante a convenção

Durante a convenção do União Brasil, que oficializou a chapa majoritária encabeçada por ACM Neto, o deputado estadual Sandro Regis,