Futebol – Abel diz que Palmeiras pode se igualar ao Chelsea na valentia e convida Guardiola

Na longa e interessante entrevista de Abel Ferreira nesta sexta-feira, véspera da final do Mundial de Clubes, o técnico português não fez apenas sua projeção sobre a decisão do Palmeiras com o Chelsea em Adu Dabi, marcada para este sábado, no Mohammed Bin Zayed Stadium. Em um contexto mais amplo, o treinador palmeirense deu sua opinião sobre a visão dos clubes europeus a respeito das equipes brasileiras.

Abel reconheceu o maior poderio econômico do Chelsea, mas afirmou ser possível se equiparar ao rival inglês na vontade, dedicação e intensidade.

“Vamos entrar no que somos bons, na coragem, na valentia, com a bola ter coragem para impor nosso jogo, fintar, driblar, dar mais que um toque. Que os jogadores tenham a cabeça em paz para colocar tudo a serviço do coletivo. Juntar o talento com o trabalho, porque aí seguramente a vitória fica mais próxima”, enfatizou Abel. “Parece complicado, mas não é. Não sei se vamos ganhar ou não, mas eu e eles sabemos o que temos de fazer”, emendou.

A comparação entre europeus e sul-americanos e uma gafe cometida por Pep Guardiola suscitaram um convite inusitado. Bem-humorado, o português convidou o colega espanhol para um jantar em que possam falar sobre futebol. Recentemente, o técnico do Manchester City errou ao dizer que o River Plate era o atual campeão da Libertadores sem saber que o vencedor das duas últimas edições do torneio sul-americano é o Palmeiras.

“Os europeus conhecem muito bem a América do Sul, tanto que compram em grande quantidade. Sei do que falo. Admiro muito o Guardiola, acredito que não tenha tempo, porque está muito focado em ganhar a Liga dos Campeões, porque é das melhores equipes do mundo. Eu o convido a ver o jogo e conhecer o Palmeiras. Ele tem um jogador que seu time comprou do Palmeiras (Gabriel Jesus), e posso dizer a ele para estar atento, que temos mais e de grande qualidade”, afirmou, sorrindo o português.

“Como sei que ele gosta de conhecer pessoas novas e eu também gosto, se ele um dia puder almoçar ou jantar comigo, vai ser um gosto para partilhar umas bolas e ver se aprendi alguma coisa”, acrescentou.

Abel sempre gosta de dizer – e disse mais uma vez – que deixa que a imprensa aponte o favorito. Mas indicou que esse rótulo está com o Chelsea, o clube mais rico que investiu mais de 600 milhões de euros para montar o elenco campeão europeu.

“Estamos a dizer, o Guardiola ainda ontem ou há dois dias, falou que o Chelsea era uma das melhores equipes do mundo, porque ganhou a Liga dos Campeões. É a segunda no campeonato em que compete, a Premier League, contra o Manchester City a voar”, analisou.

“Mas no que diz respeito aos valores universais, competitividade, organização, competitividade coletiva, estamos no nível dos melhores do mundo, com o mesmo propósito, que é vencer”, ponderou o luso.

Abel espera que o técnico do Chelsea, Tomas Tuchel, teste negativo para a covid-19 e possa estar perto dele, à beira do gramado na decisão do Mundial. Caso o alemão não possa viajar a Abu Dabi, ele entende que isso não é uma vantagem ao Palmeiras. “Se o jogo tiver prorrogação (o dia a mais sem jogo) pode fazer diferença. Mas só assim”.

Caderno dos Esportes

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

TSE decide que coligações podem ter mais de uma candidatura ao Senado

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu nesta terça-feira (21), por unanimidade, que partidos que compõem uma coligação podem lançar mais

 

Em Santaluz, ACM Neto é recebido por multidão e prefeito do Avante reafirma apoio: ‘O seu compromisso é verdadeiro’

Pré-candidato a governador, ACM Neto (União Brasil) foi recebido por uma multidão em Santaluz, na região do Sisal, na noite

 

Vinda de Lula à Bahia depende ainda de negociação com Fernando Haddad em São Paulo

Defendida pelo senador Jaques Wagner (PT) e o comitê extra-oficial de campanha do petista, a vinda do ex-presidente Lula para