Futebol – Palmeiras tem série difícil de jogos para confirmar força no Brasileirão

O Palmeiras vai ter uma sequência de jogos complicada no mês de junho para confirmar sua regularidade no Campeonato Brasileiro. O time do técnico Abel Ferreira vai disputar seis jogos pela principal competição nacional, sendo três no Allianz Parque, mas diante de rivais diretos na classificação e ainda vai ter o clássico com o São Paulo, no Morumbi.

Com três vitórias consecutivas no Brasileirão, o atual líder – tem os mesmos 15 pontos de Atlético-MG e Corinthians, mas com melhor saldo de gols -, encara o atual campeão brasileiro, no domingo, em casa. Depois pega o ‘novo milionário’ Botafogo (dia 9), também no Allianz Parque, mas o confronto seguinte é com o Coritiba (dia 12), no Paraná, um obstáculo sempre difícil.

Dia 15, o atual bicampeão da América recebe o Atlético-GO para depois visitar São Paulo (dia 20) e Avaí (dia 26). Antes, no dia 22 ou 23, terá o duelo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil contra adversário a ser definido no sorteio da próxima terça-feira (dia 7), na sede da CBF.

Com jogos a cada três ou quatro dias, Abel deverá manter o rodízio da equipe. E para manter o elenco em forma, atletas mais jovens poderão ser utilizados.

Caderno dos Esportes

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

TSE decide que coligações podem ter mais de uma candidatura ao Senado

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu nesta terça-feira (21), por unanimidade, que partidos que compõem uma coligação podem lançar mais

 

Em Santaluz, ACM Neto é recebido por multidão e prefeito do Avante reafirma apoio: ‘O seu compromisso é verdadeiro’

Pré-candidato a governador, ACM Neto (União Brasil) foi recebido por uma multidão em Santaluz, na região do Sisal, na noite

 

Vinda de Lula à Bahia depende ainda de negociação com Fernando Haddad em São Paulo

Defendida pelo senador Jaques Wagner (PT) e o comitê extra-oficial de campanha do petista, a vinda do ex-presidente Lula para