Futebol – São Paulo anuncia que Daniel Alves não joga mais pelo clube

O lateral Daniel Alves não jogará mais pelo São Paulo, tendo se recusado a treinar nesta sexta-feira (10) por causa de uma disputa causada por salários atrasados, comunicou o clube.

O diretor de futebol do Tricolor do Morumbi, Carlos Belmonte, disse que Daniel Alves, que esteve com a seleção brasileira nas Eliminatórias para a Copa do Mundo, não compareceu e disse ao time que quer ser pago.

Embora nem o clube, nem o jogador tenham mencionado um valor, o jornal O Globo publicou que o time deve ao lateral direito cerca de R$ 11 milhões.

“Fomos informados por seus representantes de que Daniel Alves não voltará ao São Paulo até haver um ajuste na dívida financeira que o São Paulo tem com o jogador”, afirmou Carlos Belmonte.

“O São Paulo reconhece esta dívida, e na semana passada fizemos uma proposta para tentar acertá-la. A proposta não foi aceita pelos representantes do jogador. As negociações continuarão”, declarou.

“Tomamos a decisão e dissemos ao técnico Hernán Crespo que Dani Alves não estará mais à disposição para jogar pelo São Paulo”, completou.

Daniel Alves se transferiu para o time paulista em 2019, após 17 anos gloriosos na Europa defendendo Sevilla (Espanha), Barcelona (Espanha), Juventus (Itália) e PSG (França).

Ele torcia para o São Paulo na infância e disse que seu sonho sempre foi jogar pela equipe do Morumbi.

Porém, ele se tornou a vítima mais recente de um fenômeno comum no futebol brasileiro: times que não pagam a jogadores e treinadores os salários combinados.

Fonte: Agencia Brasil

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

Bahia – Governador diz que fará reunião virtual com prefeitos para tratar sobre o Carnaval

Questionado mais uma vez sobre a realização ou não do Carnaval 2022, o governador Rui Costa (PT) disse, nesta sexta-feira

 

Sandro Régis rebate Rosemberg: “Retrocesso é a Bahia ser líder em homicídio e última em educação”

O deputado estadual Sandro Régis (Democratas), líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), rebateu nesta sexta-feira (3) as