Gandu – 5ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente reúne público alvo e autoridades

A 5ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente reuniu dezenas de jovens e autoridades na manhã desta terça (25) no CECOB (Centro Comunitário Hermelina Silva), Primeira Igreja Batista em Gandu.

Participam do evento, a secretária municipal do Desenvolvimento Social, Larissa Aráujo, os pastores Gelson Carvalho e Nilton Santana das igrejas Primeira Igreja Batista e Batista Nacional Maranata, respectivamente, Zilda Monteiro presidente do CMDCA, conselheiros tutelares, Major PM Polako, comandante da 60ª CIPM, representantes da polícia civil, entidades ligadas a garantia de direitos de crianças e adolescentes e outros órgãos.

A 5ª Conferência discutiu temas como: A situação dos direitos humanos de crianças e adolescentes em tempos de pandemia Covid-19; violações e vulnerabilidades, ações necessárias para reparação e garantia de políticas de proteção integral e outros. Também durante o evento foram eleitos os delegados locais que vão representar o município nas próximas conferências a nível regional, estadual e nacional que estão previstas para 2023.

O evento foi uma realização da Prefeitura através da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social, CMDCA, Conselho Tutelar, CRAS e CREAS.

ASCOM/Prefeitura de Gandu.

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

TSE atualiza sistema Filia após falsa filiação de Lula ao PL de Bolsonaro

O Sistema de Filiação Partidária (Filia), do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), voltou ao ar na sexta-feira, 16, com nova camada

 

Manifestação no dia 25 será o primeiro ato convocado por Bolsonaro depois do 8 de Janeiro

O ato em apoio a Jair Bolsonaro (PL) no próximo dia 25 na Avenida Paulista, em São Paulo, será a

 

Salvador – Otto Alencar reafirma que PSD não indicará vice para compor chapa de Geraldo Jr.

O presidente do PSD na Bahia, senador Otto Alencar, reafirmou nesta terça-feira (30) que seu partido não indicará nenhum nome