Gandu – Prefeito e vereadores vão a Brasília na luta por novos investimentos

Os vereadores, Junior Matos (PSB) e o presidente da câmara, Claudiano Nery – Bilisco (PP), estão acompanhando o prefeito Leonardo Cardoso (Avante), em viagem oficial a capital federal, em busca de mais investimentos para o município.

Nesta terça-feira (29), os representantes ganduenses, foram apresentados durante sessão no congresso nacional, pelo deputado federal, Neto Carletto (PP), que vem se esforçando o máximo, no compromisso de substituir o seu tio e o deputado que mais recursos trouxe para Gandu, o atual presidente estadual do Avante, Ronaldo Carlertto.

Além dos edis, também faz parte da comitiva, o profissional do volante, Roniere Sampaio. Além da reivindicação que é de todos os municípios brasileiros, que é o corte no FPM, também está na pauta, a busca de um centro para atendimento as pessoas portadoras do aspecto autista, proposto no legislativo ganduense, pelo vereador Bilisco e encampado, por todos os demais pares.

Já ambientado, com os corredores do poder central, o prefeito Léo de Neco, é reconhecido até mesmo, por políticos de outros estados, devido a maneira que vem gerindo Gandu, que é hoje, um dos municípios mais destacados do estado da Bahia.

Desejamos sucesso, aos nossos conterrâneos e que voltem com boas notícias para nossos munícipes.

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

 

Salvador – Mais de 30 pré-candidatos deixam Solidariedade e filiam-se aos partidos da base de Bruno Reis

Um grupo com mais de 30 pré-candidatos a vereador deixaram o Solidariedade, que faz parte da base do governo Jerônimo

 

Salvador –  Bruno Reis lidera intenções de votos em todos os cenários

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (União), segue liderando as pesquisas de intenções de votos. Na mais recente, feita pela

 

Salvador – Duas outras boas notícias para Bruno Reis relativas à pesquisa AtlasIntel

Além da excelente notícia para Bruno Reis (União Brasil), faltando sete meses para o pleito, de que ele pode levar