Geddel e petistas focam em esconder Jerônimo e tentam evitar debate sobre a Bahia

Diante do caos que vive a Segurança Pública, a Educação e a fila da regulação da Saúde na Bahia, a campanha de Jerônimo Rodrigues (PT) aposta todas as fichas em esconder o candidato e evitar um debate sobre a situação do estado, no segundo turno. A tática agora é dizer apenas que Jerônimo é o candidato de Lula. Além disso, o grupo tenta, a qualquer custo, colocar na cabeça do eleitor que ACM Neto (União Brasil) estaria aliado com Jair Bolsonaro.

Por meio das redes sociais, petistas argumentam que um debate não é bom para a Bahia, já que Jerônimo “já ganhou” a disputa. Um dos líderes do grupo é o ex-ministro Geddel Vieira Lima, coordenador da campanha de Jerônimo, que não cansa de avisar: “Não vá a debate, Jerônimo”.

Informe Baiano

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

Brasil – Sem clima para aprovação, governo retira projeto do DPVAT de votação

O líder do governo no Senado, Jaques Wagner (PT-BA), retirou da pauta da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do

  

Cabeça do Congresso – Senador baiano é eleito relator-geral do Orçamento

O senador baiano Angelo Coronel (PSD) foi eleito na tarde desta quarta-feira (24/04) relator-geral do Orçamento de 2025. A Comissão

  

Brasil – Projeto que libera estados legislarem sobre armas avança na Câmara

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados aprovou na tarde desta quarta-feira (24) um projeto de