Ignorado em discurso do presidente, Geraldo Jr. tenta tirar dividendos eleitorais da visita de Lula a Salvador

O vice-governador e pré-candidato do MDB à Prefeitura de Salvador, Geraldo Júnior, não teve direito a fala e nem foi citado no discurso do presidente Lula (PT) nesta quinta-feira (18), durante o anúncio, na capital baiana, da implantação do Parque Tecnológico Aeroespacial da Bahia. Entretanto, o emedebista não perdeu a oportunidade de aparecer ao lado do petista, um dos maiores cabos eleitorais do país, em fotos publicadas nas redes sociais. Também divulgou um comunicado à imprensa, no qual afirmou que dialogou com Lula sobre projetos para a cidade.

Geraldo Júnior publicou no Instagram uma foto segurando as mãos de Lula. Escreveu a palavra “parceria” na legenda. Uma outra imagem do vice-governador beijando a cabeça do presidente foi divulgada pelo ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB), que não acompanhou a agenda do petista na capital. “Feliz de ver o carinho e a amizade do presidente da República com o vice-governador da Bahia. Isso fortalece a defesa dos interesses do Estado e de Salvador”, postou o cacique emedebista.

Em nota à imprensa enviado na noite de hoje, Geraldo Júnior, que se coloca como candidato de Lula na capital, disse que tem “uma relação de respeito, admiração e cordialidade com o presidente, que faz questão de demonstrar a reciprocidade sempre que possível”. Afirmou ainda que conversou com o líder petista sobre projetos de interesse da Bahia e de Salvador. O vice-governador destacou o trecho do discurso de Lula em que o mandatário da Nação disse que 2024 será o “ano da colheita”.

“Assim como o presidente Lula plantou boas sementes e vai colher bons frutos no plano nacional, aqui na Bahia o governador Jerônimo Rodrigues (PT) e eu seguimos o mesmo caminho. O plantio foi feito em áreas importantes como educação, saúde, segurança, geração de emprego e renda, cultura, esporte e, sobretudo, no social e no combate à fome. Não tenha dúvidas de que a colheita será proveitosa para todo o povo da Bahia e, sobretudo, para os soteropolitanos, já que a cidade recebeu inúmeras ações do governo da Bahia”, disse o vice-governador na nota.

A solenidade comandada por Lula em Salvador aconteceu na Avenida Orlando Gomes, na sede do Senai Simatec, entidade parceira do parque aeroespacial, assim como o governo da Bahia. Além de Geraldo Júnior e de Jerônimo, também estiveram presentes o ministro da Casa Civil, Rui Costa (PT), e os senadores Jaques Wagner (PT) e Otto Alencar (PSD), além de ministros de Estado, parlamentares, prefeitos, autoridades da área militar e representantes da sociedade civil organizada.

O prefeito Bruno Reis (União), que inaugurou uma escola em Castelo Branco pela manhã, quando ocorreu a solenidade com a presença de Lula, enviou como representante para o evento no Senai/Cimatec o secretário municipal da Casa Civil, Luiz Carreira.

Política Livre

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

 

Salvador – Mais de 30 pré-candidatos deixam Solidariedade e filiam-se aos partidos da base de Bruno Reis

Um grupo com mais de 30 pré-candidatos a vereador deixaram o Solidariedade, que faz parte da base do governo Jerônimo

 

Salvador –  Bruno Reis lidera intenções de votos em todos os cenários

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (União), segue liderando as pesquisas de intenções de votos. Na mais recente, feita pela

 

Salvador – Duas outras boas notícias para Bruno Reis relativas à pesquisa AtlasIntel

Além da excelente notícia para Bruno Reis (União Brasil), faltando sete meses para o pleito, de que ele pode levar