Lancha de Bruno Pereira e Dom Phillips é encontrada a 20 metros de profundidade

Policiais do Amazonas localizaram neste domingo (19) a lancha em que viajavam o indigenista Bruno Pereira e o jornalista britânico Dom Phillips, mortos há duas semanas no interior do estado.

De acordo com nota da Polícia Civil do Amazonas, a lancha foi localizada a cerca de 20 metros de profundidade. Estava “emborcada com seis sacos de areia para dificultar a flutuação, a uma distância de 30 metros da margem direita do rio Itaquaí, nas proximidades da comunidade Cachoeira”.

O local foi indicado, segundo a polícia, pelo suspeito Jeferson da Silva Lima, conhecido como Pelado da Dinha, preso no sábado (18).

A Polícia Civil também disse no comunicado que foram quase cinco horas de operação. “Além do casco da lancha, também foram encontrados um motor Yamaha 40 hp, quatro tambores que eram de propriedade do Bruno, sendo três em terra firme e um submerso.” Participaram também a Polícia Militar do Amazonas, Marinha do Brasil e Corpo de Bombeiros.

Além de Jeferson, estão presos os irmãos Amarildo Oliveira, conhecido como Pelado, e Oseney Oliveira, conhecido como Dos Santos. Foi Pelado quem levou, segundo a polícia, ao local no qual os corpos de Dom e Bruno foram achados, na última quarta-feira (15).

Neste domingo, a Polícia Federal afirmou que identificou outras cinco pessoas por participação na ocultação dos cadáveres.

Bastidores do Poder

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

TSE decide que coligações podem ter mais de uma candidatura ao Senado

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu nesta terça-feira (21), por unanimidade, que partidos que compõem uma coligação podem lançar mais

 

Em Santaluz, ACM Neto é recebido por multidão e prefeito do Avante reafirma apoio: ‘O seu compromisso é verdadeiro’

Pré-candidato a governador, ACM Neto (União Brasil) foi recebido por uma multidão em Santaluz, na região do Sisal, na noite

 

Vinda de Lula à Bahia depende ainda de negociação com Fernando Haddad em São Paulo

Defendida pelo senador Jaques Wagner (PT) e o comitê extra-oficial de campanha do petista, a vinda do ex-presidente Lula para