Livro que fala de Alzheimer para crianças é lançado em Salvador

No mês em que se comemora o Dia do Livro Infantil, a artista Claudia Negishi estreia no mundo da literatura com uma história real e inspiradora de uma amizade entre duas pessoas de diferentes gerações. “Vovó Sissi esqueceu de mim”, que já teve pré-lançamento online e será apresentado em maio no formato presencial, chega com o desafio de mostrar para as crianças, com leveza e naturalidade, um tema complexo: o Alzheimer.

O livro, que já está disponível no formato físico e digital, conta a relação de Pérola, que tem 7 anos e é filha da autora, e Sylvia, 88, uma vizinha que todos os dias, ao encontrar a nova amiga, faz a mesma pergunta: “menina linda, quem é você?”. Intrigada com a situação, a garota se sente desafiada a criar um plano para não ser mais esquecida pela amiga.

Narrado sob a ótica da criança, a obra expõe com sensibilidade as angústias de não ser lembrado por quem amamos. Afeto, convívio, resiliência e fé são os principais ingredientes dessa história que fica ainda mais envolvente com ilustrações que compõem a obra e que também são de autoria de Claudia Negishi.

Para a autora, a literatura na infância é uma ferramenta poderosa capaz de despertar reflexões importantes e complexas de forma lúdica. “Eu acredito que tanto o Alzheimer quanto a diferença de idade entre as pessoas não podem ser obstáculos para criarmos vínculos emocionais. Em uma geração onde a produtividade é supervalorizada, o idoso que já não está mais tão ativo sofre e fica à margem da sociedade. É por isso que é tão importante debatermos esse assunto e, mais do que isso, precisamos ensinar os nossos filhos a olhar com respeito, afeto e a criar laços verdadeiros com essas pessoas”, conta.

Segundo o Ministério da Saúde, no Brasil, cerca de 1,2 milhão de pessoas vivem com alguma forma de demência e 100 mil novos casos são diagnosticados por ano. Em todo o mundo, o número chega a 50 milhões de pessoas. Segundo estimativas da Alzheimer’s Disease International, os números poderão chegar a 74,7 milhões em 2030 e 131,5 milhões em 2050, devido ao envelhecimento da população.

Em Salvador, o livro será lançado no dia 20 de maio, às 16h, no Museu de Arte da Bahia, na Vitória. O evento, que terá entrada gratuita, irá receber crianças e famílias, e será marcado por uma contação de história, bate-papo com a autora e sessão de autógrafos.

Cláudia Negishi, 41 anos, nasceu em São Paulo e vive na Bahia desde os 10. Estreante na literatura, a mãe de Pérola, Pedro e João é formada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal da Bahia, além de ser pintora e ilustradora. “Desde criança, sempre fui uma grande admiradora da arte e, agora, descobri na literatura uma nova paixão. Sou encantada pelo o universo infantil e meus filhos são uma fonte de inspiração para todos os meus projetos. Com eles, li muitos livros infantis e tive de inventar muitas histórias para fazê-los dormir.”

Bahia Notícias.

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

 

Salvador – Mais de 30 pré-candidatos deixam Solidariedade e filiam-se aos partidos da base de Bruno Reis

Um grupo com mais de 30 pré-candidatos a vereador deixaram o Solidariedade, que faz parte da base do governo Jerônimo

 

Salvador –  Bruno Reis lidera intenções de votos em todos os cenários

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (União), segue liderando as pesquisas de intenções de votos. Na mais recente, feita pela

 

Salvador – Duas outras boas notícias para Bruno Reis relativas à pesquisa AtlasIntel

Além da excelente notícia para Bruno Reis (União Brasil), faltando sete meses para o pleito, de que ele pode levar