Na Bahia, União Brasil terá cerca de 500 políticos com mandato; Entre deputados, prefeitos, vices e vereadores

O União Brasil, novo partido formado pela fusão entre Democratas e PSL, terá na Bahia mais de 500 políticos em cargos eletivos, entre deputados federais e estaduais, prefeitos, vices e vereadores. A fusão foi formalizada nesta quarta-feira (6) durante convenção conjunta entre as duas legendas em Brasília, com a presença de lideranças e integrantes de ambas as agremiações de todo o país.

No estado, o novo partido terá 39 prefeitos, aproximadamente 50 vice-prefeitos e mais de 400 vereadores. A bancada na Câmara dos Deputados chega a seis parlamentares e, na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) serão sete cadeiras. Na Câmara Municipal de Salvador serão oito vereadores.

“Vamos seguir trabalhando incansavelmente para fortalecer nosso grupo político e apresentar um projeto de mudança para a Bahia, sob a liderança de ACM Neto. Vamos unir a Bahia em torno de um projeto que apresenta soluções para os problemas deixados pelo PT ao longo desses 16 anos de governo no nosso estado”, afirmou o deputado federal Paulo Azi, presidente estadual do Democratas. Há uma tendência de que Azi seja conduzido à presidência da nova legenda no estado.

Nacionalmente, o União Brasil terá a maior bancada na Câmara dos Deputados, com 82 deputados federais. No Senado serão oito cadeiras. No país, a sigla será presidida pelo deputado federal Luciano Bivar, que comandava o PSL.

Informe Baiano

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

TSE atualiza sistema Filia após falsa filiação de Lula ao PL de Bolsonaro

O Sistema de Filiação Partidária (Filia), do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), voltou ao ar na sexta-feira, 16, com nova camada

 

Manifestação no dia 25 será o primeiro ato convocado por Bolsonaro depois do 8 de Janeiro

O ato em apoio a Jair Bolsonaro (PL) no próximo dia 25 na Avenida Paulista, em São Paulo, será a

 

Salvador – Otto Alencar reafirma que PSD não indicará vice para compor chapa de Geraldo Jr.

O presidente do PSD na Bahia, senador Otto Alencar, reafirmou nesta terça-feira (30) que seu partido não indicará nenhum nome