Renato Gaúcho é apresentado oficialmente como técnico do Flamengo

O técnico Renato Gaúcho foi apresentado oficialmente na tarde desta segunda-feira (12) como novo comandante do Flamengo em entrevista coletiva realizada no Ninho do Urubu. “Há uns dois, três anos, falei que tinha esse sonho, e hoje o estou realizando. Acho que todo treinador tem que sonhar grande e alto. Treinar o Flamengo é a mesma coisa que treinar a seleção brasileira”, disse.

Na busca de concretizar o sonho de ser campeão como técnico do time da Gávea, a estreia do treinador no banco de reservas da equipe carioca será na próxima quarta-feira (14), quando o Rubro-Negro enfrenta o Defensa y Justicia (Argentina), pela ida das oitavas de final da Copa Libertadores.

“Lembro até hoje de ter dado a volta olímpica em 1987 no Maracanã como jogador. Espero que, com esse grupo, agora como treinador, possa realizar esse sonho de ser campeão como técnico”.

Além do torneio continental, Renato Gaúcho terá pela frente as disputas do Campeonato Brasileiro, no qual a equipe busca o tricampeonato, e da Copa do Brasil.

Após assinar com o clube da Gávea até o final do ano, Renato Gaúcho fez questão de reiterar sua identificação com o rubro-negro. “Quando eu jogava pelo Grêmio, tinha um sonho de um dia jogar no Flamengo. E pude realizar esse sonho. Agora, como treinador, vou dar continuidade a esse trabalho”, concluiu.

Edição: Fábio Lisboa/Agencia Brasil

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

 

Apesar de desgastes, aliados de Lula e Alckmin veem aliança pavimentada

Apesar de ter apresentado desgastes, a chapa conjunta entre o ex-presidente Lula (PT) e o ex-governador Geraldo Alckmin (sem partido)

 

Moro desafia Lula para debate ‘sobre mensalão e petrolão’

Estreante numa campanha eleitoral, o pré-candidato à Presidência pelo Podemos, Sérgio Moro, se tornou alvo de desafios para debates cara

 

União Brasil já tem 3 nomes de vice para a disputa pela presidência

Mesmo sem saber qual candidato vai apoiar nas eleições presidenciais de outubro, o União Brasil já tem três nomes de