Telegram de Sergio Moro é hackeado e compartilha conteúdo pornográfico

O pré-candidato à presidência da República, Sergio Moro (Podemos) teve o canal oficial no Telegram hackeado, na madrugada desta quarta-feira (3). O invasor ativou o perfil do ex-ministro da Justiça no aplicativo, sem sua autorização, e disparou conteúdos pornográficos, segundo afirma o portal ‘Metrópoles’.

Não foi a primeira vez que Moro teve o Telegram invadido. Em 2019, o ex-ministro foi alvo de hackers, que obtiveram acesso a mensagens de celulares de autoridades, como Deltan Dallagnol, ex-juiz e coordenador da Lava Jato.

Poder & Política

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

Brasil – Sem clima para aprovação, governo retira projeto do DPVAT de votação

O líder do governo no Senado, Jaques Wagner (PT-BA), retirou da pauta da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do

  

Cabeça do Congresso – Senador baiano é eleito relator-geral do Orçamento

O senador baiano Angelo Coronel (PSD) foi eleito na tarde desta quarta-feira (24/04) relator-geral do Orçamento de 2025. A Comissão

  

Brasil – Projeto que libera estados legislarem sobre armas avança na Câmara

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados aprovou na tarde desta quarta-feira (24) um projeto de