Vacina em estudo oferece proteção contra gripe e Covid-19 em animais

Com o surgimento de novas variantes do Sars-CoV-2, especialistas e autoridades de saúde em todo o mundo não descartam a possibilidade de uma vacinação anual contra a Covid, como é feito em todo o mundo contra a gripe. Nesse sentido, a produção de uma vacina conjugada que protegesse contra o vírus influenza, responsável pela gripe, e contra a doença causada pelo coronavírus seria o ideal –e pode ser uma realidade.

Isso porque a vacina combinada contra Covid e gripe da empresa de biotecnologia americana Novavax apresentou bons resultados em estudos em animais (testes pré-clínicos).

A tecnologia utilizada no desenvolvimento do imunizante é a mesma aplicada na produção da vacina contra gripe e na candidata a vacina contra Covid-19 da farmacêutica —proteínas do vírus são combinadas a nanopartículas e são transportadas ao organismo com a ajuda de um adjuvante (substância adicionada à composição da vacina que ajuda na resposta imune).

A sequência genética responsável por codificar a proteína S do Spike do Sars-CoV-2, espécie de gancho molecular utilizado pelo vírus para entrar nas células, é recombinada em células de uma espécie de mariposa. Essas células vão servir como “fábrica” biológica para produção da proteína, que é depois extraída, purificada e adicionada ao composto vacinal.

No caso da gripe, a vacina é produzida utilizando a proteína hemaglutinina de quatro cepas virais pertencentes aos tipos A e B da influenza —em geral, os mais comuns naquela estação de gripe. Essa mesma proteína das quatro variantes é recombinada ao DNA nas células do inseto para expressão gênica e depois adicionada às nanopartículas.

Para avaliar a imunogenicidade da vacina conjugada, batizada de qNIV/CoV2373, os pesquisadores mediram a produção de anticorpos específicos contra a proteína S e contra a hemaglutinina, bem como anticorpos neutralizantes específicos para os dois vírus, coronavírus e influenza, em furões e hamsters após a infecção dos animais com os mesmos.

Em ambos os modelos animais, a vacina levou à produção de anticorpos anti-Sars-CoV-2 e contra a hemaglutinina em taxas elevadas, superiores até à resposta imune produzida apenas pela vacina contra o vírus influenza. Ainda, o fármaco apresentou também bons índices de resposta imune celular.

Para saber se o imunizante também protegeu contra a replicação viral ou desenvolvimento de sintomas nas vias aéreas superiores, os cientistas colheram amostras para o exame de RT-PCR da região oral de lavagem broncoalveolar e analisaram também o tecido pulmonar dos bichos.

Nos quatro dias após a infecção, a quantidade de RNA dos dois tipos de vírus nos animais que receberam a vacina combinada gripe/Covid-19 era igual ou inferior ao limite mínimo, enquanto no grupo placebo foi encontrado um nível elevado de RNA viral.

Ainda, no grupo controle foram identificados pontos de deterioração dos pulmões, o que não foi observado no grupo dos vacinados, indicando uma proteção contra a evolução da síndrome respiratória. O artigo foi publicado na forma de pré-print na plataforma bioRxiv. Os desenvolvedores da vacina esperam começar os testes em humanos até o final de 2021.

Mas não é só fora do país que a ciência investiga uma proteção única para os principais vírus causadores de síndromes respiratórias no último ano. No Brasil, cientistas da Fiocruz de Minas em parceria com o Instituto Butantan também buscam uma fórmula de vacina que combina a imunização contra a gripe e a doença causada pelo coronavírus.

Por Ana Bottallo/Folhapress

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

Bahia – Governador diz que fará reunião virtual com prefeitos para tratar sobre o Carnaval

Questionado mais uma vez sobre a realização ou não do Carnaval 2022, o governador Rui Costa (PT) disse, nesta sexta-feira

 

Sandro Régis rebate Rosemberg: “Retrocesso é a Bahia ser líder em homicídio e última em educação”

O deputado estadual Sandro Régis (Democratas), líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), rebateu nesta sexta-feira (3) as