Wenceslau Guimarães – Prefeito Kaká reúne-se com o governador para tratar da BA 120 e outras demandas

O prefeito de Wenceslau Guimarães (WG), Carlos Alberto Liotério (Kaká), se reuniu na tarde desta quarta-feira (1º), com o governador Rui Costa, para tratar de demandas importantes para o município.

A pauta principal da audiência foi a revitalização da BA 120, ligando Rio Preto ao povoado do Cocão, trecho com cerca de 17 km. Demanda já sinalizada pelo Governo do Estado com o início do serviço de topografia. A próxima etapa será a elaboração do projeto de revitalização da rodovia.

Vale ressaltar que a manutenção da BA 120 tem sido realizada pela gestão municipal de WG, com serviços de patrolamento e encascalhamento, a partir de recursos próprios do município.

Na oportunidade, o prefeito Kaká também solicitou ao governador a construção de um mercado de confecções, para ser uma extensão do Mercado Municipal, o qual já está sendo feito pela prefeitura.

Ainda fizeram parte da pauta, a construção de uma arena sintética e 3,5 km de pavimentação asfáltica para as principais ruas do Centro da cidade.

Também participaram da reunião a deputada Estadual Fabiola Mansur e Luiz Caetano, secretário de Relações Institucionais do Estado da Bahia (SERIN).

Fonte/fotos: Ascom PMWG

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

Projeto do senador Ângelo Coronel determina benefício da audiência de custódia apenas para não reincidente

O senador Angelo Coronel (PSD-BA) apresentou Projeto de Lei para mudar o Código de Processo Penal e tornar obrigatória a

 

Bahia – Prefeito de Santaluz abandona base do governo e firma apoio a ACM Neto: “não cumpriram”

O prefeito de Santaluz, Arismário Barbosa Júnior (Avante), que havia declarado publicamente apoio ao ex-secretário de Educação da Bahia e

 

Bahia – Deputado Sandro Régis desmonta factoide de Rui Costa e Bahia é campeã nacional do desemprego

O deputado Sandro Régis (UB) demoliu o factoide do governo de Rui Costa, de que “nunca na história se investiu