20 de Novembro: Dia da Consciência Negra e os debates raciais – Por Giovana Rodrigues

O Dia da Consciência Negra, também conhecido popularmente como “Dia do Zumbi dos Palmares”, é comemorado em 20 de novembro, em homenagem ao assassinato de Zumbi de Palmares, que aconteceu no mesmo dia no ano de 1695.

A data busca reacender debates raciais na sociedade, de modo a relembrar a história da escravidão no País, suas consequências e a importância da cultura africana na constituição do nosso povo. Hoje, o Dia da Consciência Negra é considerado feriado em alguns estados e cidades brasileiras e representa uma grande conquista do movimento negro.

HISTÓRIA DO DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA:

A data comemorativa surgiu a partir da iniciativa do Grupo Palmares, composto por universitários negros que se uniram, em 1971, em prol de discussões raciais sobre o lugar do negro no Brasil. A fim de criar uma data comemorativa para celebrar a cultura africana, os estudantes decidiram escolher o dia 20 de novembro em homenagem à morte de Zumbi dos Palmares, personalidade extremamente importante para os debates raciais no País.

O grupo de Porto Alegre se uniu em 20 de novembro de 1971 e realizou um ato contra o preconceito, usando a imagem de Zumbi como exemplo e símbolo do movimento.

Inspirados pelo Grupo Palmares, em 1978, surgiu o Movimento Negro Unificado Contra a Discriminação Racial (MNUCDR), que lutava a favor dos direitos dos negros no País. Em uma de suas assembleias, o grupo definiu que 20 de novembro seria o Dia da Consciência Negra.

Mas o reconhecimento dessa data de forma oficial só se deu em 9 de janeiro de 2003, durante o governo Lula, no qual a data entrou para o calendário escolar como forma de celebração. A conquista ocorreu a partir da Lei n° 10.639, que tornou o assunto “História e Cultura Afro-brasileira” obrigatório no currículo escolar. No dia 10 de novembro de 2011, durante o governo de Dilma Rousseff, a data foi oficializada como Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra, por meio da Lei n° 12.519.

QUEM FOI ZUMBI DOS PALMARES:

Zumbi dos Palmares foi e ainda é considerado exemplo de resistência do movimento negro. Era líder do Quilombo dos Palmares, local dedicado ao abrigo de escravos refugiados na Serra da Barriga, que atualmente é a região do estado de Alagoas.

Não se sabe muito sobre a história do líder e, até hoje, estudiosos buscam construir sua biografia. Mas estima-se que ele nasceu em 1655. Zumbi nasceu livre, mas foi capturado pelos colonizadores e entregue a um padre quando era ainda criança. Em 1690, o líder cria o Quilombo dos Palmares, lá os negros refugiados tinham a liberdade de expressarem a própria cultura e se organizavam para dividir as atividades necessárias, como a produção de alimentos.

A MORTE DE ZUMBI DOS PALMARES:

No ano de 1694, o bandeirante Domingos Jorge Velho organizou uma invasão ao quilombo, que foi totalmente destruído. Zumbi, a princípio, conseguiu fugir, mas foi entregue por um amigo. Após ser capturado, um ano depois do ataque, o líder foi degolado no dia 20 de novembro de 1695.

A IMPORTÂNCIA DO DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Apesar da história ser pouco conhecida, a data possui grande importância nas reflexões e discussões de toda a população. Além de ser uma forma de homenagear Zumbi dos Palmares, o Dia da Consciência Negra celebra a cultura africana e relembra a escravidão no País.

Segundo um estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entre os séculos XVI e XIX, o Brasil recebeu cerca de 4 milhões de negros, entre eles homens, mulheres e crianças. O número representa cerca de um terço do tráfico negreiro da época. Mesmo com a abolição da escravidão, as consequências são inúmeras, como no âmbito econômico e educacional. Mesmo que tenha ocorrido há muitos anos, o assunto ainda é atual e representa uma grande conquista do movimento negro.

O 20 de novembro já está chegando e vamos comemorar neste sábado! Não esqueça de refletir sobre a importância desta data e celebrar o reconhecimento do Dia da Consciência Negra.

Fonte:  Redação Fala Universidades.

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

 

Apesar de desgastes, aliados de Lula e Alckmin veem aliança pavimentada

Apesar de ter apresentado desgastes, a chapa conjunta entre o ex-presidente Lula (PT) e o ex-governador Geraldo Alckmin (sem partido)

 

Moro desafia Lula para debate ‘sobre mensalão e petrolão’

Estreante numa campanha eleitoral, o pré-candidato à Presidência pelo Podemos, Sérgio Moro, se tornou alvo de desafios para debates cara

 

União Brasil já tem 3 nomes de vice para a disputa pela presidência

Mesmo sem saber qual candidato vai apoiar nas eleições presidenciais de outubro, o União Brasil já tem três nomes de