Bahia – Mesmo sem tomar posse na secretaria, Jusmari Oliveira utiliza ilegalmente estrutura do Executivo estadual para encontros políticos

Mesmo sem ter tomado posse como secretária de Desenvolvimento Urbano da Bahia, a deputada estadual Jusmari Oliveira (PSD) tem aproveitado o recesso na Assembleia Legislativa para, em nome da transição, utilizar a pasta visando se fortalecer para as eleições de 2024. Ela não esconde o desejo de ser candidata a prefeita de Barreiras, na região oeste.

Nesta terça-feira (17), Jusmari recebeu, na sede da secretaria, no Centro Administrativo (CAB), em Salvador, lideranças políticas de Barreiras, a exemplo da vereadora Carmélia da Mata (PP) e da presidente do MDB do mesmo município, Karlúcia Macêdo. Ela recebeu ainda Kelmut Macêdo, ex-vereador de Luiz Eduardo Magalhães, município vizinho e que já foi governado pelo esposo de Jusmari, Oziel Oliveira (PSD).

As reuniões foram divulgadas pela deputada nas redes sociais. Segundo a publicação, as lideranças de Barreiras protocolaram um ofício solicitando prioridade na conclusão das obras do Residencial Solar, no município. “Vamos trabalhar para garantir que as unidades sejam entregues às famílias que precisam e sonham com a sua casa própria”, escreveu. Ela lembrou que o ministro da Casa Civil, Rui Costa (PT), já anunciou a retomada do Minha Casa, Minha Vida, pelo governo federal.

Vale frisar que a maioria dos deputados chamados para liderar secretarias pelo governador Jerônimo Rodrigues (PT) não tomaram posse efetivamente dos cargos, apesar da solenidade realizada no dia 3 de janeiro, no CAB. Entretanto, eles, que manifestaram o desejo de concluir os mandatos neste mês de janeiro, impedido assim a posse dos suplentes e mudanças drásticas nos gabinetes, têm marcado presença nas sedes das pastas e até em reuniões de equipe e com o chefe do Executivo estadual. Os parlamentares alegam que estão fazendo a transição.

Além de Jusmari, foram ainda convidados por Jerônimo os deputados federais Afonso Florente (PT) e Sérgio Brito (PSD), que aceitaram assumir os comandos das secretarias da Casa Civil e da Infraestrutura, respectivamente, além dos estaduais Tum (Avante), Osni Cardoso (PT) e Ângelo Almeida (PSB), nas pastas da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e Desenvolvimento Econômico. Apenas Tum se licenciou da Assembleia e assumiu de fato a função de secretário.

Política Livre

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

 

Salvador – Mais de 30 pré-candidatos deixam Solidariedade e filiam-se aos partidos da base de Bruno Reis

Um grupo com mais de 30 pré-candidatos a vereador deixaram o Solidariedade, que faz parte da base do governo Jerônimo

 

Salvador –  Bruno Reis lidera intenções de votos em todos os cenários

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (União), segue liderando as pesquisas de intenções de votos. Na mais recente, feita pela

 

Salvador – Duas outras boas notícias para Bruno Reis relativas à pesquisa AtlasIntel

Além da excelente notícia para Bruno Reis (União Brasil), faltando sete meses para o pleito, de que ele pode levar