Demora em indicação de sucessor de Dino gera incômodo no STF

A possibilidade de um longo período até a nomeação de um novo ministro da Justiça pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem gerado incômodo no STF (Supremo Tribunal Federal).

Segundo um integrante da corte, a permanência de Flávio Dino à frente da pasta, mesmo após sua aprovação para o Supremo pelo Senado, é uma situação desconfortável.

Dino deve tomar posse apenas em 22 de fevereiro. O ideal, na avaliação de um ministro, é que a nomeação de seu sucessor por Lula ocorra no máximo no começo de janeiro, para não deixar uma situação de vácuo durante muito tempo.

O problema é o histórico do presidente: ele costuma demorar para tomar decisões, como fez no caso de duas nomeações para o STF e para a Procuradoria-Geral da República.

Mônica Bergamo/Folhapress

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

 

Salvador – Mais de 30 pré-candidatos deixam Solidariedade e filiam-se aos partidos da base de Bruno Reis

Um grupo com mais de 30 pré-candidatos a vereador deixaram o Solidariedade, que faz parte da base do governo Jerônimo

 

Salvador –  Bruno Reis lidera intenções de votos em todos os cenários

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (União), segue liderando as pesquisas de intenções de votos. Na mais recente, feita pela

 

Salvador – Duas outras boas notícias para Bruno Reis relativas à pesquisa AtlasIntel

Além da excelente notícia para Bruno Reis (União Brasil), faltando sete meses para o pleito, de que ele pode levar