Fabíola Mansur participa de ato com o governador em Gandu

Nesta terça-feira (22), a deputada estadual Fabíola Mansur (PSB), participou da agenda do governador Rui Costa (PT) no município, onde na oportunidade foram assinadas diversas ordens de serviços em convênios entre estado e município.

A parlamentar foi recepcionada pelo diretório do PSB local e pelo vereador Jr. Matos, representante da legenda no legislativo municipal. Ao contrário de outros deputados que aproveitaram para pegar carona no ato do governador em parceria com o prefeito Leonardo Cardoso, mas que não tem nenhum tipo de serviços prestados ao município, Fabíola vem demostrado respeito pelos votos recebidos, trazendo benefícios para a população, sobretudo na área da saúde.

Durante o evento, foram sentidas as faltas de deputados que tiveram nas últimas eleições em 2018, uma quantidade considerável de votos, mas que desprezam Gandu, a exemplo de Rosemberg Pinto (PT) e Alice Portugal (PCdoB). Fato que o eleitorado de Gandu, deve ir anotando e prestando atenção nos deputados e ou candidatos que apareçam apenas nas vésperas das eleições em busca do seu valioso voto.

Apesar de não fazer parte da corrente política da deputada, Fabíola Mansur, reverenciamos a maneira a qual trata as pessoas que a apoia para que venha logrando sucesso em sua trajetória e principalmente, pela atenção dispensada a nossa municipalidade.

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

Brasil – Sem clima para aprovação, governo retira projeto do DPVAT de votação

O líder do governo no Senado, Jaques Wagner (PT-BA), retirou da pauta da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do

  

Cabeça do Congresso – Senador baiano é eleito relator-geral do Orçamento

O senador baiano Angelo Coronel (PSD) foi eleito na tarde desta quarta-feira (24/04) relator-geral do Orçamento de 2025. A Comissão

  

Brasil – Projeto que libera estados legislarem sobre armas avança na Câmara

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados aprovou na tarde desta quarta-feira (24) um projeto de