Geraldo Alckmin se desfiliará do PSDB em setembro

O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin dificilmente estará no PSDB no dia 20 de setembro. Aliados afirmam que ele estabeleceu o início das prévias tucanas como a data limite para permanecer no partido que ajudou a fundar. A informação é da coluna de Guilherme Amado, do portal Metrópoles.

No dia 20 de setembro que terminam as inscrições dos tucanos que planejam disputar as prévias presidenciais. No partido, a data é considerada a largada oficial da disputa que deverá opor os governadores de São Paulo, João Doria, e do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. O senador Tasso Jereissati ainda avalia se participará.

Alckmin deixará o PSDB porque se negou a disputar uma prévia com o atual vice-governador, Rodrigo Garcia, para conquistar o direito de concorrer ao governo de São Paulo. Ele tem conversas avançadas para se candidatar ao cargo pelo PSD.

Poder & Política

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

Bahia – Governador diz que fará reunião virtual com prefeitos para tratar sobre o Carnaval

Questionado mais uma vez sobre a realização ou não do Carnaval 2022, o governador Rui Costa (PT) disse, nesta sexta-feira

 

Sandro Régis rebate Rosemberg: “Retrocesso é a Bahia ser líder em homicídio e última em educação”

O deputado estadual Sandro Régis (Democratas), líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), rebateu nesta sexta-feira (3) as