Jerônimo Rodrigues pede esperança para Bahia durante Festa do Divino

O pré-candidato ao Governo do Estado, Jerônimo Rodrigues participou nesta sexta-feira (3), da Festa do Divino Espírito Santo e ratificou a importância da comemoração para a cidade.

“É uma celebração importante para Poções e toda a região. Dia de renovar nossa fé, agradecer o carinho e o apoio dos baianos e baianas nessa pré-campanha, mas também é momento de pedir. Meu pedido é que a esperança e o amor vençam o ódio e nosso país volte a encher os brasileiros de orgulho”, disse

Para Jerônimo, o tempo de esperança “traz com ele trabalho para o povo, comida na mesa e dignidade”.

O petista acompanhou, ao lado da prefeita de Poções, Nilda Magalhães (PCdoB), prefeitos da região, além de deputados estaduais, federais, e lideranças políticas do Sudoeste baiano, a chegada das bandeiras, trazidas por cavaleiros e amazonas na tradicional cavalgada dedicada ao Divino Espírito Santo.

“Pedi a Deus força e boa energia para recuperarmos nosso país, nos livrar do desemprego, dos preços altos e das pessoas que não gostam de gente”, acrescentou.

A festa centenária do Divino em Poções é considerada o maior evento religioso do Sudoeste baiano e reúne milhares de devotos de toda a região. As comemorações estavam suspensas desde 2020 por conta da pandemia da Covid-19.

Bahia.ba

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

TSE decide que coligações podem ter mais de uma candidatura ao Senado

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu nesta terça-feira (21), por unanimidade, que partidos que compõem uma coligação podem lançar mais

 

Em Santaluz, ACM Neto é recebido por multidão e prefeito do Avante reafirma apoio: ‘O seu compromisso é verdadeiro’

Pré-candidato a governador, ACM Neto (União Brasil) foi recebido por uma multidão em Santaluz, na região do Sisal, na noite

 

Vinda de Lula à Bahia depende ainda de negociação com Fernando Haddad em São Paulo

Defendida pelo senador Jaques Wagner (PT) e o comitê extra-oficial de campanha do petista, a vinda do ex-presidente Lula para