PF reabre inquérito e vai analisar celular de advogado de Adélio

A Polícia Federal (PF) reabriu o inquérito que mira Adélio Bispo, autor da facada no então candidato à Presidência, Jair Bolsonaro, durante a campanha eleitoral de 2018. A informação é da coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo.

De acordo com a publicação, a retomada na investigação vem após o Tribunal Regional Federal da 1ª Região autorizar a investida contra Zanone Manuel de Oliveira Júnior, um dos advogados de Adélio e alvo de busca e apreensão em dezembro de 2018.

Serão analisados os dados bancários e o conteúdo do celular apreendido com o defensor para avançar na última lacuna do caso, sobre se houve mandante para o ataque contra Bolsonaro e ter respostas sobre porque ele assumiu o caso uma vez que Bispo não tinha condições financeiras para pagá-lo. ​

Poder & Política

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

 

FAKE NEWS – Prefeitura de Lauro de Freitas tenta se apropriar de obra da gestão de Salvador

A Rua Santa Cecília, que divide o território de Salvador e Lauro de Freitas, se tornou palco de um empasse.

  

Gandu – Prefeito Reúne base aliada e anuncia descompatibilização de Daiana Santana da secretaria de Administração

Na tarde desta terça-feira (04), o prefeito Leonardo Cardoso (Avante), juntamente com seu pai e líder político, Neco Kanguçú, reuniu

 

Maraú –  Vereador agride colega após suposta reunião secreta na Câmara

Uma confusão entre vereadores do município de Maraú, no sul da Bahia, virou assunto nas redes sociais. Nesse sábado (01/06),