Saiba o real motivo de Michael Jackson ter feito cirurgias plásticas

Matt Fides, ex-guarda-costas de cantor Michael Jackson (1958-2009) contou, em entrevista ao podcast The Steven Sulley Study, o motivo do cantor ter realizado cirurgias plásticas no nariz.

Matt trabalhou para Jackson por mais de 10 anos e contou que o astro passou pela primeira das cirurgias em seu nariz em 1979

O procedimento teria sido feito por conta do bullying praticado pelo pai e empresário do cantor, Joe Jackson (1928-2018), e seus irmãos, porém, Fides disse que houve outros motivos

Provocado pela família: “Ele era muito provocado pela família por causa do tamanho do nariz dele, o chamavam de ‘narigão’ e tudo mais. Ele contava que o pai dele era o principal [autor das piadas]: ‘Isso aí não veio de mim, você pegou da sua mãe, não está no meu lado da família’. Isso o machucava muito”.

Primeira plástica decorreu de uma lesão durante um ensaio: “O Michael costumava dançar cerca de três horas por dia, em média. A certa altura, ele dava 50 rodopios seguidos. Era inacreditável”

Quebrou o nariz: “Ele caiu e quebrou o nariz e viu isso como a oportunidade perfeita, enquanto estava sob anestesia, para conseguir um nariz menor”.

Diversas plásticas: “Não sei por quantas operações ele passou. Não foi uma discussão sobre a qual entrei em detalhes com ele, mas claramente ele passou por operações no nariz”.

Famosidades.

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

 

Salvador – Mais de 30 pré-candidatos deixam Solidariedade e filiam-se aos partidos da base de Bruno Reis

Um grupo com mais de 30 pré-candidatos a vereador deixaram o Solidariedade, que faz parte da base do governo Jerônimo

 

Salvador –  Bruno Reis lidera intenções de votos em todos os cenários

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (União), segue liderando as pesquisas de intenções de votos. Na mais recente, feita pela

 

Salvador – Duas outras boas notícias para Bruno Reis relativas à pesquisa AtlasIntel

Além da excelente notícia para Bruno Reis (União Brasil), faltando sete meses para o pleito, de que ele pode levar