Quem fraudou o auxílio emergencial terá nome exposto

TCU AVISA QUE QUEM FRAUDOU AUXÍLIO EMERGENCIAL TERÁ NOME EXPOSTO ...

Pessoas que fraudaram a
solicitação do auxílio emergencial – benefício destinado aos trabalhadores
informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados
nesta crise, causada pela pandemia – terão seus nomes divulgados na internet. Segundo
o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Bruno Dantas, mais de 620 mil
indivíduos foram identificados com indícios de irregularidade no recebimento do
benefício.
Nomes de políticos, empresários,
servidores públicos, detentos, militares, jovens de classe média ou ainda
mortos estão inclusos na lista, além de pessoas com renda alta e aposentados da
Justiça Federal. O recebimento de múltiplos benefícios também está entre
as atividades fraudulentas para a aquisição do auxílio emergencial da Caixa
Econômica Federal (CEF), que pode variar entre R$ 600 e R$ 1.200. Das pessoas
que fraudaram o sistema, apenas 12% devolveu os valores, o que corresponde a
cerca de 72,5 mil pessoas.
Informa o Correio24h.

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

  

Bolsonaro, Lula e Ciro no mesmo dia em Salvador ligam alerta para segurança

Com a presença dos presidenciáveis Jair Bolsonaro (PL), Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Ciro Gomes (PDT), as comemorações

  

Vanderlei Luxemburgo anuncia pré-candidatura ao Senado por Tocantins

Vanderlei Luxemburgo vai dar um novo rumo à sua trajetória. Nesta quarta-feira, o técnico Vanderlei Luxemburgo anunciou que é pré-candidato

  

Guimarães é exonerado, a pedido, e Daniella Marques é nomeada presidente da Caixa

O pedido de exoneração de Pedro Guimarães da presidência da Caixa Econômica Federal, já anunciado em carta de demissão por