Quem fraudou o auxílio emergencial terá nome exposto

TCU AVISA QUE QUEM FRAUDOU AUXÍLIO EMERGENCIAL TERÁ NOME EXPOSTO ...

Pessoas que fraudaram a
solicitação do auxílio emergencial – benefício destinado aos trabalhadores
informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados
nesta crise, causada pela pandemia – terão seus nomes divulgados na internet. Segundo
o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Bruno Dantas, mais de 620 mil
indivíduos foram identificados com indícios de irregularidade no recebimento do
benefício.
Nomes de políticos, empresários,
servidores públicos, detentos, militares, jovens de classe média ou ainda
mortos estão inclusos na lista, além de pessoas com renda alta e aposentados da
Justiça Federal. O recebimento de múltiplos benefícios também está entre
as atividades fraudulentas para a aquisição do auxílio emergencial da Caixa
Econômica Federal (CEF), que pode variar entre R$ 600 e R$ 1.200. Das pessoas
que fraudaram o sistema, apenas 12% devolveu os valores, o que corresponde a
cerca de 72,5 mil pessoas.
Informa o Correio24h.

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

 

Lula estuda formar federação do PT com outros partidos da esquerda

O ex-presidente Lula tem avaliado a possibilidade de formar uma federação entre o PT e partidos de esquerda para a

 

Caso queira confirmar candidatura ao governo da Bahia, ministro João Roma deve trocar o REPUBLICANOS pelo PL

A intenção do ministro da Cidadania, João Roma, de disputar o governo da Bahia está prestes a ir por água

  

Morre Cris Barros, presidente do PSOL em Salvador

Maria Cristina dos Santos Barros, conhecida como Cris Barros, presidenta do PSOL Municipal de Salvador-Bahia e secretária de Movimentos Sociais